Ao longo de 2017, a REDEH em parceria com o Instituto Cultural Pólen, a Creative Wick (Londres) e a Prefeitura do Rio/SMDEI desenvolveram na Nave do Conhecimento de Triagem o projeto CriaAtivo Film School.

Com o objetivo de democratizar a produção audiovisual em periferias e favelas do Rio de Janeiro lançaram uma convocatória nas redes sociais para que jovens de 16 a 24 anos – especialmente aquele/as que integrassem coletivos audiovisuais em seus bairros – se inscrevessem para cursos de qualificação profissional em Direção, Roteiro, Fotografia e Montagem. O nível de interesse superou qualquer expectativa: para 150 vagas, inscreveram-se 2.563 interessado/as!

Ao final do processo de seleção e aprendizagem, 170 jovens foram qualificado/as (com igualdade entre os gêneros), dividiram-se em equipes e produziram 15 curta-metragens com temas, linguagens, territorialidades e interesses bem distintos, mas com uma coisa em comum: a qualidade da execução.

Este projeto conquistou o Edital Institutional Skills 2017, do British Council e Newton Fund e agora vai ganhar o mundo!

Os 15 filmes estão em disputa através de Juri Popular e Técnico para definição de 6 equipes que enviarão representantes para a exibição de toda a produção em première na Inglaterra – onde também ocorrerá no final de abril o seminário “Creative Economy Networks: research, policy and exchange Brasil-Reino Unido”, parceria de nossas instituições com a Queen Mary University, o People’s Palace Project e o British Council.

Para nós da REDEH é uma honra dar voz e imagem a uma turma com tamanha disposição para tratar de seus assuntos com propriedade e tornar visíveis suas questões.

Veja abaixo, a formatura da terceira turma do projeto, ocorrida no sábado passado na Nave do Engenhão.