top of page
  • REDEH - Rede de Desenvolvimento Humano

Dia internacional da não violência contra a mulher



Na última quarta-feira (25), integrantes do Fórum de Mulheres do Piauí, do qual a Articulação de mulheres brasileiras (AMB) faz parte, se reuniram em frente ao Fórum de Justiça do estado para protestar em prol da resolução mais rápida dos casos de feminicídio e por maior segurança. O ato público também defendeu a segurança de mulheres com deficiência dependentes de abusadores.


Cerca de 16 mulheres foram vítimas de feminicídio no estado no ano de 2020, além do crescimento de 45% nas denúncias por violência doméstica por meio do aplicativo Salve Maria.

De acordo com o 4° boletim de violência contra a mulher no Piauí, a Secretaria de Segurança contabiliza 23 casos de feminicídio em 2019 e 20 vítimas em 2020, considerando os períodos de janeiro a outubro. O estudo foi baseado na quantidade de boletins registrados e não no número de crimes.


Segundo a defensoria do estado, para registrar o Boletim de Ocorrência Eletrônico as mulheres vítimas de violência devem acessar o endereço http://dv.pc.pi.gov.br/index.php ou ainda o site da Polícia Civil www.pc.pi.gov.br e seguir o passo a passo disponibilizado.




A próxima manifestação está marcada para o dia 10 de dezembro, no mesmo local. 

Comments


bottom of page